Curto-circuito e sobrecarga nas baterias LiPo podem causar incêndios

1461200_10200549329009413_1405970439_n

Esse assunto não é nenhuma novidade… Todos sabem que baterias LiPos são perigosas, e podem pegar foto sempre que estão sendo carregadas (na bancada) ou descarregadas (no voo). Todo cuidado é pouco quando se fala de LiPos.

Mas e quando isso acontece dentro da sua maleta ou sacola ? Vejam a foto ao lado.

Isso aconteceu dentro da maleta de baterias, enquanto voltava do campo de vôo. O conector vermelho ficou completamente deformado e por muito pouco a bateria não pegou fogo, talvez mais alguns milisegundos em curto teria sido fatal.

Por isso a armazenagem e manipulação das baterias devem ser feitas com muito muito cuidado e atenção, e JAMAIS deixe sua bateria carregando sem supervisão constante. A bateria antes de explodir e pegar fogo costuma esquentar, inchar e soltar fumaça branca, então você tem alguns segundos para agir.

Também devemos tomar cuidado ao carregar as baterias. Escolher corretamente no carregador a voltagem, quantidade de celulas e amperagem da bateria é muito importante. Qualquer sobrecarga e sua bateria certamente pegará fogo. Agora imagina a galera que carrega as LiPos usando baterias de carro… Acha impossivel ? Veja no vídeo abaixo:

Veja uma bateria LiPo pegando fogo pode causar muito estrago por conta do seu poder “incendiário”. No video abaixo eles forçam a bateria com sobrecarga, mas um curto circuito também causaria o mesmo “incendio”:

Não são todos os conectores que são perigosos, mas esses em banana na qual os fios ficam soltos sem proteções, deixam bastante a desejar.

Sendo assim a minha recomendação é:
Para modelos pequenos (250, 450, 500): Conectores XT60 ou 4mm HXT
Para modelos grandes (550, 600, 700): Conector EC5

Esses conectores vem com uma “capinha” que separa e protege os polos da bateria, evitando bastante o risco de curto. Obviamente que um material externo como uma ferramenta, um clip de papel ou ate mesmo outra bateria pode acidentalmente se encostar e causar um curto.

Veja no video abaixo como fica um heli depois que a bateria pega fogo dentro dele:

Então pra matar de vez resolvi levar uma fita isolante para o campo de vôo e isolar um dos polos da bateria toda vez que estou indo embora. O mesmo ao guardar as baterias em casa, sempre com um dos polos isolados. Se você voa bastante, o rolo de fita isolante vai durar cerca de 1-2 meses dependendo de quantas baterias tem e quantas vezes você vai ao clube.

Aproveitando a publicação, fiz um vídeo que mostra a melhor forma de soldar conectores na bateria, sempre tomando cuidado de soldar um fio por vez para evitar curtos acidentais. Confiram:

O que achou das dicas ? Você usa algum conector que não foi mencionado aqui ? Acha seguro a forma que transporta as baterias ? Gostariamos de saber o que você tem a dizer :) Deixe seu comentário abaixo…



Leia também:

Comentários pelo Facebook:

Tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

5 Responses to Curto-circuito e sobrecarga nas baterias LiPo podem causar incêndios

  1. Rafael, só um assunto que é legal corrigir… Ao invés de "voltagem" e "amperagem" muda para o correto, tensão e corrente 😉

  2. Thiago Monteiro says:

    CULPA DA DILMA, E DO SACANA DO LULA! =D

  3. Valeu pela dica, vou arrumar…

  4. Gabriel Viti says:

    eu gostaria saber se uma bateria posta na porta bagas do carro junto com as ferramentas pode originar curto circuito e postermente incêndio?

Deixe uma resposta para Helimodelos.com Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>