FPV: O que você acha de decolar de dentro do seu modelo ?

O quão difícil é decolar usando FPV ? Você já tentou pelo simulador ? Aqui vai algumas dicas quanto a funcionalidade e equipamentos baratos e que funcionam…

Imagine poder pilotar seu modelo até ele sair do alcançe da sua vista… Se você um dia imaginou que isso poderia ser feito, com essa publicação, você vai descobrir que é possível.

FPV é o termo que significa, First Person View, ou seja é você pilotar com a perspectiva de primeira pessoa (como se fosse o piloto mesmo)

Para começar, do que você precisa:

1) Treinar em um simulador:

Voar FPV não é tão fácil. Muito menos recomendado para iniciantes. Exige conhecimentos de seu próprio modelo que iniciantes não tem. Um simulador é altamente recomendável para você treinar como é pilotar tendo o solo como referência.

Estamos habituados a voar orientando o heli e se baseando na posição em solo (de baixo pra cima). No FPV esse conceito é invertido. Você orientado a posição do heli com o solo. Não há referência visual para isso.

Se você quiser fazer um teste, faça um voo num simulador como o Phoenix com perspectiva de piloto… Depois olhe o replay do seu voo, vendo com perspectiva externa. Muitas vezes o helicóptero vai estar de lado, quase virando ou caíndo.

Somente quem já tentou sabe o quão diferente é…

2) Equipamentos necessários:

Gosto de recomendar equipamentos aqui no blog que já testei ou vi funcionando pessoalmente. Para quem quer ter uma real experiência com FPV recomendo adquirir o kit na foto ao lado (Fat Shark 5.8GHz com camera, clique aqui para ver). Custa cerca de $299, porém já vai vir com tudo que precisa para começar a voar com um alcançe de até 500 metros.

500 metros não é pouco para começar. Até porque não adianta se arriscar a comprar um kit de 2km de alcance e durante os primeiros voos ter um problema e depois ter que ir buscar seu modelo lenhado a kilometros de distância. Por isso, começe a curta distância.

Com esse kit da Fat Shark, você depois pode mudar o transmissor (que fica no modelo) por um mais forte, onde poderá fazer um vôo mais longe.

3) Espaço adequado para praticar

Com o FPV você pode alcançar longas distâncias, inclusive perder o seu modelo de vista. Isso é realmente muito emocionante para o piloto, mas pode não ter emoção nenhuma para aquele que “receber” uma pancada de um modelo caindo por falha mecânica ou humana.

Recomendo a leitura da publicação: http://helimodelos.com/2012/08/cuidado-helimodelos-nao-sao-brinquedos/ para quem ainda não o fez.

O ideal é ir para um campo, fazenda, floresta. Se quiser se arriscar mais, as opções vão aumentando… Lago, cachoeira, pantano. Utilize a funcionalidade a seu favor. Explore regiões que não permitem acesso fácil. (Isso também significa que se o modelo cair, você irá perder o mesmo.)

Aonde quero chegar ? No vídeo abaixo. O que me motivou a embarcar nesse mundo onde as cameras tem asas:

Você já praticou FPV ? Já fez algum vídeo ou conhece um vídeo interessante sobre o assunto ? Não concordou com o que falei ? Gostaria de ouvir sua opnião… Afinal, esse é o objetivo do blog :)

Bons vôos a todos…



Leia também:

Comentários pelo Facebook:

Tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to FPV: O que você acha de decolar de dentro do seu modelo ?

  1. Fantástico seu blog, tenho lido muito sobre o assunto nos últimos meses, gostaria de sua opinião quanto ao f550 para fazer filmagens, o que me diz? Grande abraço e parabéns pelo blog

  2. Um Hexa como o F550 é muito bom para filmagem… Muito mais estável que um quad, você ainda ganha um ponto de redudança na segurança, pois ele consegue se manter em voo com 4-5 motores apenas.

  3. juninho says:

    Ola conprei o x600 rc oq acha dele, tbm conprei uma câmera c4005 queria sabe como faço para ver a imagem que ela trasmite no celular, tem algum video ensinando ou é bem facil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>